♥ Capítulo 10

Chegando perto da varanda, estava Thiago, ela pensou em se aproximar dele, mas Fernando apareceu bem na hora.
-E ai Jé! Nossa! O que houve com seu rostinho? - perguntou.
-Por favor não pergunte nada... - respondeu com voz de choro.
-Vamos dar uma volta na cidade? - perguntou ele.
-Não podemos sair daqui, são as ordens da faculdade...
-Então... - ele não conseguia pensar em nada.. - Quer conversar?
-Quero sim... - e olhando para Thiago pra prestava atenção, disse - Mas não aqui, porque tem muitos enxeridos...
-Vem comigo, sei um lugar perfeito pra conversarmos. - Eles subiram as escadas e chegando no terceiro andar, ele a convidou para entrar em seu quarto.
-É melhor não, se me pegarem aí vai dar problema.
-Vamos, por favor! Ninguém entra sem bater, não esquenta, não vai dar problema nenhum.
-Tem certeza?
-Sim, confie em mim! - disse ele. Então os dois entraram.
Thiago que não era bobo nem nada, os seguiu e vendo que estraram no quarto, deu a volta e ficou espionando pela janela.
-E ai, agora me conta... O que é esse machucado? - perguntou Fernando.
-Não foi nada... - disse ela, querendo chorar.
-Por favor, me conta! Já disse que pode confiar em mim.
-É que.... - começou a chorar exageradamente - Foi o Kaio! Aquele seu amigo maluco!!! Ele me agrediu! E dentro do meu quarto!
-O que?? Tem certeza? Porque? - assustou-se.
-Porque ele pensa que fui eu que fiz algo sobre o cabelo dele... Mas não foi, eu juro!!!
-Claro que não foi você, até mesmo porque não teria motivos pra fazer isso, não é?
-Exato! Mas ele cismou que acha que fui eu! Agora ele disse que vai me matar!
-Te matar? Ele ficou maluco? Meu deus! Não se preocupe, vou ter uma conversa muito séria com aquele desmiolado!
-Não! Por favor! Se ele souber que eu te contei, vai me bater de novo!!! - implorou ela.
-Negativo! Se ele encostar um dedo em você novamente, ele vai se ver comigo! Que loucura! Batendo em mulheres indefesas!
Jé abraçou Fernando e ele retribuiu o abraço ambos sobre a cama... Então, de um abraço, ele começou a cheirar seu pescoço, e começou a dar leves beijinhos enquanto acariciava sua costa, e ela estava gostando muito!
-Por favor, não podemos... - sussurrava ela, tentando resistir àquela tentação.
-Relaxa gata, eu não vou fazer nada que você não queira - mentiu, ele queria muito fazer!!!
-Você jura?  - perguntou ela.
-Juro - mentiu. Os dois ficaram ali abraçados entre beijos no pescoço, até que Fernando cuidadosamente foi deitando-a na cama e começaram a se beijar...
Thiago queria morrer ali.... Não suportava a ideia de perder aquela aposta... Já não bastava perder as corridas e agora isso! Não! Ele não iria deixar assim!
Deu a volta novamente e chegou na frente da porta do quarto de Fernando, preparou-se para sair correndo, e deu três bofetadas bem forte na porta e correu pro seu quarto que era ao lado.
-O que foi isso?? - assustou-se Jé levantando-se rapidamente da cama.
-Não foi nada... - dizia Fernando querendo voltar ao bem bom.
-Não... É melhor eu ir... Bateram na porta, pode ser a empregada!
-Deixa a empregada pra lá... - resmungou ele tentando beijá-la.
-Você disse que não faria nada que eu não quisesse. Então por favor, respeite minha decisão. A gente pode se ver mais tarde se quiser, me procura esta bem?
Ele respirou fundo, desanimado, e respondeu - Tudo bem linda, você que manda.
Ela saiu do quarto e Fernando deu um soco no colchão resmungando - Foi por pouco! Droga!
Thiago ria em seu quarto se deliciando com o sucesso do seu golpe para atrapalhar os dois. Mas estava na hora dele agir! Não poderia mais perder tempo, pois já viu que Fernando não iria desistir tão fácil.
Enquanto isso, Jack estava passando no corredor do segundo andar quando encontrou Kaio que passava por ali também.
Ela não pensou duas vezes e o chingou - Seu covarde desgraçado! Batendo em mulheres! Não tem mais o que fazer não?
-Cala essa boca você não sabe o que diz! Sua louca! Maluca! Sai da minha frente! Fica quieta! - berrava ele.
-Você acha que vai ficar tudo bem? Pois não vai não! Juro que vou te denunciar! Cachorro ordinário! Você não presta! As revistas todas vão ter fofocas sobre a sua agressão a uma estudante! Maldito!!!
Ele já não estava mais aguentando aquilo, então jogou-a na parede e a beijou loucamente.
Por instante, para Jack, o mundo havia parado. Aquilo foi tão intenso que ela não conseguiu pensar em resistir. Tudo rodou e ela sentiu formigar seu corpo todo.
Quando voltou a si, o empurrou e ambos ficaram se olhando com espanto, surpresa, amor e raiva... Então ele quebrou o silêncio e disse - Foi a única coisa que veio em mente pra te fazer calar a boca...
Ela continuou meio que paralisada, e sem saber o que falar, saiu correndo...
-Que sentimento foi aquele se surgiu dentro de mim?... - pensava ela, escondida num canto do quarto - O que foi aquilo... Eu nunca tinha sentido isso em toda a minha vida... Porque logo com ele? Aquele monstro... Não! Nada disso! Não estou gostando dele e nem nunca vou gostar!

Enquanto isso, na academia...
Gabe observava escondida, Thiago que estava malhando. Aqueles músculos, aqueles ombros, tudo nele era maravilhoso. Podia-se ouvir o batuque que o seu coração fazia, parecia estar sambando.
-Será que eu falo com ele? - pensava ela, aflita.... - Eu preciso falar! - e quando tomou coragem...
-Ei! - disse Thiago.
Ela sentiu um frio na barriga e um arrepio na coluna, pensou estar sonhando ao ouvi-lo falando com ela, mas quando deu conta, era Jé quem ele chamava...
-O que você quer... - perguntou ela, em tom seco.
-Queria falar com você.
-Ótimo, já esta falando, posso ir?
-Espera! - disse ele - Eu queria me desculpar com você.
-Se desculpar pelo que? - fez de desentendida.
-Sobre aquela noite quando gritamos um com o outro... Eu sinto muito, não devia ter te tratado daquela forma... Me perdoa.
-Esta tudo bem. Eu não guardo rancor de ninguém. Só fiquei brava porque vi você dançando em volta da Gabe como se ela fosse um pedaço de carne e vocês os lobos... A pobrezinha não pode beber!
-É, você disse. Eu não sabia, pela forma como ela virava os copos, eu achei que ela até fosse profissional na área! - disse Thiago.
-Sério?
-Sim! Você tinha que ver! Ela virava três copos por minuto! Não parava, parecia um poço sem fundo! Mas juro que não fui eu quem ofereceu a bebida, foi o idiota do meu irmão...
-Tudo bem, eu acredito em você - disse Jé.
-Jura? Me dá um abraço então para fazermos as pazes! - e os dois se abraçaram.
Gabe não podia acreditar... Sua amiga estava dando em cima do cara que ela mais gostava, entre cinco homens dentro da casa, ela teve que escolher logo o Thiago... E que história era aquela de bebidas que ela não entendeu e nem se lembrava de nada? Aquilo estava muito estranho...
Mas a raiva e a tristeza por ver Jé e Thiago abraçados a fez chorar e ela saiu correndo, foi até o seu quarto e acabou encontrando Jack.
As duas se entreolharam e disfarçaram os seus problemas, então Jack disse - Gabe, que bom que você apareceu, quero muito falar com você sobre ontem!
-O que foi que eu fiz? - perguntou ela sem entender.
-O que fez? Não se lembra de ontem não?
-A única coisa da qual eu me lembro é de ter ido beber água lá no salão principal, e de ter jogado uma partida com Rodrigo e Thiago...
-Jura! Que vergonha Gabriela! Mal se lembra da própria burrada! Não sei se pra você isso é bom ou ruim...
-Mas o que foi que eu fiz!!! - perguntou.
-Você simplesmente tirou a roupa e estava dançando semi nua no meio de três machos! E bêbada!
-Ai que mentira!!! Eu nunca faria isso!
-E porque eu inventaria tal coisa? Somos amigas Gabe!
-Sei! Você quer queimar o meu filme com todos! Você e aquela sua amiga idiota da Jé só querem estragar a minha vida!!! - e dizendo isto, saiu correndo chorando...
Gabe correu até os fundos da casa e ali sentou e começou a chorar... Não sabia de mais nada, não entendia porque estavam inventando aquelas mentiras terríveis sobre ela! E a Jé... Aquela sem vergonha... As duas eram falsas! Duas amigas da onça! Gabe não suportava pensar que fora traída pelas duas...
-Porque esta chorando. - perguntou Wesley, da janela.
-Porque todos me odeiam...
-Eu não odeio você - disse ele.
-Ao menos um.. - choramingou ela.
Ele deu a volta e foi perto dela, sentou-se ao seu lado e ficou lhe fazendo companhia, em silêncio... até que ela disse - Você me acha anormal?
-Porque eu acharia?
-Não sei... Eu pareço tão estranha perto das minhas amig... ex-amigas... Elas são sempre tão comunicativas e tão seguras de si... E eu... Eu sou um nada com cheiro de xuxu...
Ele não se conteve e sorriu pela primeira vez - Ser tímida não é ser anormal.
-Você diz isso porque também todos gostam de você...
-Você esta redondamente enganada... Se não percebeu, eu não sou lá muito querido por ninguém... - eles se entreolharam - Acho que estamos no mesmo barco... Que tal se você me procurar sempre que se sentir sozinha?
-Porque esta me tratando assim tão bem? - perguntou ela.
-Ora, por nada... Só achei que você iria querer companhia mas se não quiser eu....
-Tudo bem! - disse ela quase que gritando - Digo... Bem, eu.... Gostaria muito da sua companhia.
-Então fica assim, se estiver triste ou sozinha, me procure, agora eu preciso dormir, amanhã acordaremos cedo para a corrida.
-Ta - e antes que ele fosse, ela disse - Obrigada por ser legal comigo - ele balançou a cabeça como se concordasse e os dois foram dormir...

6 comentários:

Caroline disse...

É agora que o pessoal ta se revelando OMG

Fer Fer disse...

Alooookaaaa a Jé e o Fer O.o A Jack e o Kaio o.O e sera q agora eh a Gabe e o Wesley ???
OMG 'o')
Ta muito boa a historiaaaa!!!!

Guilherme Pokis disse...

Jé, curta minha Página no Facebook do meu blog, The Sims 3 PT, e receba as novidades sobre ele!
Se também quiser me ajudar a postar notícias nele, confirme em meu e-mail!
https://www.facebook.com/pages/The-Sims-3-PT/346757915405340

Karen Reichert disse...

Woou, agora a coisa está seria!
A Gabe, tímida dançando semi nua com os garotões? Isto pode?hahahha'
A historia está muito boa, acompanhando!
Beijos - Karen Reichert´

http://minhavidanothesims3.blogspot.com.br/

BeAz disse...

Adorei ver a Gabe e o Wesley, ficam um lindo par ao contrário de Jack com Kaio.

Beijo!♥

David Veiga disse...

AAAAA! Adorei esse capítulo. Agora comecei a gostar do Wesley. *O*
Mas continuo a ser fã do Kaio. o/
Eu só tive tempo de ler agora, e na escola, pelo o meu Smartphone. HUASHUASHUAS

Beijooos!