♥ Capítulo 7

Lá estavam elas dormindo, dormiram praticamente o dia todo, e quando era quase cinco da tarde, Gabe acordou.
-Vou levantar sem fazer barulho... - pensou ela.
Trocou-se, e desceu para o salão principal.
Chegando lá, encontrou Rodrigo e Thiago jogando e rindo.
-Tu é muito ruim mané! - disse Rodrigo.
-Você não sabe nem segurar a parada mano! - zoava Thiago.
Gabe foi até o bar e pegou uma água com gelo. Ficou a observar os garotos...
-Aí cara, não coça o saco na frente da mina! - falou Thiago, rindo.
-O que? - Rodrigo olhou para trás e viu Gabe, deu de ombros e riu como se não se importasse em pegar nas suas "coisas" na frente dela.
-Vai, continua ai seu mané! - falou Rodrigo.
Eles continuaram o jogo e Gabe ficou assistindo e bebendo sua água. Ela não queria admitir, mas desde a primeira vez que botou os olhos no Thiago, seu coraçãozinho disparou loucamente. Ela sempre gostou dele, mesmo sendo um perdedor, sempre assistia suas corridas. E agora estando na mesma casa que ele, perto dele, ela estava ficando louca...
-E aí? Quer jogar? - perguntou Thiago, notando que ela não tirava os olhos dele.
-Eu? É... Bem... Não! Eu não sei!!!! - falou toda sem jeito.
-Aahh que isso, a gente te ensina! - falou Rodrigo sorrindo.
-Vem! Por favor! - pediu Thiago se aproximando dela.
Seu coração foi a mil e ela começou a soar frio, deu um sorrisinho tímido e sem conseguir resistir, topou jogar um pouco.
-É assim que se segura isso? - perguntou ela.
-Isso mesmo gatinha, agora você empurra e tenta atingir o nível três, se atingir, você vence! - falou Rodrigo.
-Tudo bem, mas não riam se eu errar...
-Aaahhh... - resmungou ela - Viu como eu sou ruim?
-Que isso, você acertou o nível um, é melhor do que se tivesse lançado a peça pra fora da mesa - brincou Thiago.
-Nada que alguns drink's não ajudem a melhorar essa mira!!! - falou Rodrigo todo empolgado.

Enquanto isso no quarto...
-Ué? Cadê a Gabe? - perguntou Jack.
-Eu não sei, também acabei de acordar... Dormi feito um anjo! - falou Jé se espreguiçando.
Elas se vestiram e foram até o espelho para arrumarem os cabelos.
-Eu não tô gostando do meu visual... - reclamou Jé.
-Que nada, você esta linda como sempre. - disse Jack.
-Exatamente! Como sempre u.u) Eu quero mudar!
-Ué, prende ele de uma forma diferente então!
-Não, eu vou mudar de uma forma mais intensa! Rápido, pega uma tesoura!
-O que? - exclamou Jack - Ai ai, só quero ver o que vai sair disso!
-Você vai ver! - então Jé começou a se modificar enquanto Jack só observava... Depois de alguns longos minutos... - Tcharam! Que tal?
-Nooooossaa! Ficou muito diferente! Ficou incrível! - exclamou Jack surpresa com o resultado.
-Eu sabia que você ia gostar! Eu amei, me sinto renovada!
-Quero só ver quando os meninos te verem... Especialmente Thiago!
-Eu e Thiago não temos nada.... Foi só um lance de momento, mas já passou... - comentou Jé.
-Aham... Mas é de lances de momento que surgem coisas a mais! Já imaginou vocês dois namorando?
-Ta doida? - surpreendeu-se - Ele nunca iria querer isso, são todos mulherengos maninha, eles só querem diversão. E eu não me importo de ser solteira, desde que esteja sempre bem acompanhada - riram.
De repente uma mulher surgiu do nada atrás delas - Olá senhoritas!
Jack saltou num pulo atrás de Jé - Quem é você?
-Meu nome é Berenice. Sou a governanta da casa.
-Governanta? - perguntou Jé - Eu nunca tinha te visto por aqui.
-É porque o carro que me trouxe se perdeu na cidade, não conseguia encontrar a casa. Tivemos que nos alojar num hotel e viemos hoje cedo pra cá. - disse Berenice.
-Poxa, que bacana, seja bem vinda então! - falou Jé.
-Isso, seja bem vinda! - concordou Jack.
-Obrigada meninas! Vocês são muito gentis. Bem, eu vou descer, desejam alguma coisa?
-Na verdade sim! - disse Jé - Eu estou morrendo de fome, não comemos nada nessa casa desde que chegamos!
-Ah claro! Eu imaginava.... Sinto muito por isso, vou preparar algo bem caprichado para todos! Com licença. - e dizendo isto, se retirou.
-Venha, vamos descer, estou ouvindo música! - falou Jack.
-Eu acho que vi alguém de uniforme de empregada lá em cima, você viu?
-Se eu fosse você, via aquilo que esta rolando ali.... - disse Jé, com cara de surpresa....
-Jesus!!!!! - exclamou Jack ao bater nos olhos no que Jé apontou.
-É a Gabe??? Mas o que...
-Agora eu realmente não estou entendendo mais nada! - falou Jé - O que aquela louca pensa que esta fazendo?
-Ela esta semi nua ou eu estou enxergando mal?
-É ela esta... Ei Wesley! - chamou Jé, quando o viu passando - Você sabe o que esta acontecendo?
-Pelo que eu soube, deram algumas bebidas para sua amiguinha, pelo jeito ela é fraca pra bebidas.
-Não acredito! Quem fez isso? - perguntou Jé.
-E eu tenho cara de quem sabe ou liga pra isso tudo? Porque não pergunta pro seu amigo Thiago, ele parece estar curtindo a coisa.
As duas caminharam até a bagunça e Jé foi logo gritando - O que vocês estão fazendo????
Eles riam e nem ligavam, estavam dançando ao redor de Gabe e olhando para suas belas curvas.
-Eles não estão nem dando bola amiga... - reclamou Jack.
-Eu vou dar um jeito! Leva a Gabe pra longe desse povo que eu vou bater um papo com o Thiago.
-Ô Thiago! - gritou Jé chegando perto dele - Ficou maluco?? Quem mandou darem bebidas para a Gabe? Ela não aguenta beber!!!!
-Ei garota, não vem gritando comigo não! Primeiro que não fui eu quem deu bebidas a ela, segundo que se ela sabe que não aguenta beber, então não deveria ter aceitado e depois pedido mais!
-Aaaaiiii ta tuto chiranooooo - reclamava Gabe no banheiro, ainda bêbada .
-fica quieta e entra na banheira - mandava Jack - porque você foi fazer uma burrada dessas...
-Maiiiss eu não fiizhi nata sua linndha... - dizia ela enrolando a língua, tentando sorrir.
-Ai meu Deus, eu mereço....
-Não acredito que você deixou isso acontecer! E eu grito com quem eu quiser!!!! - gritou Jé.
-Eu não sou babá da sua amiga! E se quer gritar, fica gritando sozinha porque eu tô saindo daqui! Maluca!
Fernando estava chegando e viu quando os dois estavam discutindo - Hum, acho que posso me aproveitar dessa situação!
-Ai Jé, esta linda em! - disse ele, chegando no meio dos dois.
-Muito obrigada!
-Quer ir ali fora comigo? Vamos, diz que sim, não vale a pena ficar esquentando a cabeça com esse cara. - sorriu.
-Realmente não vale! - afirmou Jé.
-Então, vem comigo, vamos sentar ali fora, olhar as estrelas e respirar um pouco de ar puro, vi suas amigas no banheiro, ela vai melhorar.
-Obrigada por ser tão gentil - disse Jé, e o acompanhou.
-Aff! Que droga! Agora sim esse idiota conseguiu! Que vacilo o meu, como é que eu vou levar ela pra cama depois dessa? E esse aproveitador do Fernando, não perde uma chance! Mas deixa ele, não vou deixar que a leve pra cama assim tão fácil! Não mesmo!

3 comentários:

David Veiga disse...

Nossa, a Gabe tinha cara de santinha, mas de santa não há nada, UAHSUAHSUAHS

-Aaaaiiii ta tuto chiranooooo - reclamava Gabe no banheiro, ainda bêbada .
-fica quieta e entra na banheira - mandava Jack - porque você foi fazer uma burrada dessas...
-Maiiiss eu não fiizhi nata sua linndha... - dizia ela enrolando a língua, tentando sorrir.
-Ai meu Deus, eu mereço....

Ri muitooooo! AUSHAUSHUAHSUAHSUHAUSHA

Beijos!

BeAz disse...

Coitada da Gabe! Mas eu não consigo parar de rir com essa, mas que papelão! uahuahuahuah

Beijoka!♥

Fer Fer disse...

Adoreeeiiiii!!!!
Fazia tanto tempo que eu não Aparecia!!! Gosto muito das suas historias! A Gabe eh uma safadenhaaa kkkk

Bjo Bjão da Fer!