♥ Capítulo 26

Kaio tapou a boca da Jé enquanto Fernando deu-lhe uma porrada na cabeça que a fez desmaiar...
Momentos depois, ela acordou, ainda zonza e com uma dor de cabeça terrível - O que esta acontecendo? Quem esta ai?? - perguntava, pois estava de olhos vendados.
-Huumm vejo que a bela adormecida acordou! - exclamou Fernando se aproximando.
-Fernando? É você? Me solta!!!
-E porque eu faria isso, sendo que nem comecei a aproveitar a festa?
-Festa? Do que é que você esta falando? Eu não estou gostando dessa brincadeira! Chega, ta legal?
-Ela acha que estamos brincando - disse Fernando.
-Quem mais esta ai?
-Eu estou aqui - disse o Kaio.
-Eu sabia que você estava metido nessa palhaçada! Podem fazer o favor de parar com isso? Eu não estou me sentindo confortável aqui!
-Não é pra sentir confortável! - Fernando rodeou ela, chegou atrás dela e se aproximou bem pertinho dos seus lábios, tocando seu corpo - Você pode não gostar, ou talvez goste, pelo tipo de garota que é...
-Eu não so...! - Fernando a beijou na boca, de uma forma que ela nem conseguiria mordê-lo para se defender.
Kaio estava assistindo e estava gostando, ele adorava uma cena de amor violento, e ficava ainda mais excitado ao participar de uma! Ele se aproximou e disse - Vamos ver o que ela esconde por baixo desse vestido sujo.
Os dois começaram a passar a mão pelo corpo dela, e rasgaram seu vestido, jogando-o numa lata de lixo.
-Parem com isso! Parem!!!! - gritava ela, mas mal conseguia se mexer.
-Essa faixa deveria estar na sua boca em vez de estar nos seus olhos, vadia! - disse Fernando.
-Meu Deus!!! - exclamou Kaio - Que corpo é esse, e que lingerie mais sexy é essa? Até parece que ela estava esperando por esse momento e se produziu toda!
Kaio estava babando, estava tão excitado que mal se continha - Quando vamos começar? Eu tô que não me aguento!
-Não vamos fazer nada agora - disse Fernando - Vamos deixá-la aqui e amanhã a gente volta.
-Mas por que???
-Porque não podemos dar pinta de que sumimos os três! Quer que percebam algo?
-Não, é claro que não! - disse ele.
-Então vai na frente que eu vou logo depois, vou trancar tudo.
-Mas...
-Vai logo cara!!! - gritou Fernando.
Kaio saiu contra sua vontade e deixou os dois a sós.
-Você não pode me deixar aqui!!! - berrou Jé.
-Posso e vou! - disse Fernando - Será que alguém vai sentir sua falta? Eu acho que não... Talvez sentiriam se você fosse a Amanda. Porque ao contrário de você, ela é deliciosa!
-Se ela é tão deliciosa assim, porque é que esta querendo abusar de mim ao invés de ir atrás dela? - disse Jé.
Fernando sentou-lhe um tapa na cara - Porque você estragou tudo!!!
-É por isso que você esta fazendo todo esse showzinho? Porque você não conseguiu comer ela antes que fosse embora não é? E como não conseguiu nada comigo quando estava fazendo seu joguinho da aposta, então resolveu tentar usando a força bruta agora.
Fernando ficou tão zangado que deu-lhe um soco desta vez - Cale a boca! - e chegando bem pertinho, disse em tom perverso - Eu estava errado, você não vai gostar nada do que eu vou fazer com você!
-Seu idiota! - rosnou Jé, sentindo a dor do soco - Eu tenho nojo de você!
-Nojo? Você vai ter nojo depois do que eu fizer com você, vadia... Ah, mas não esquenta! Do outro lado eles não ligam pra vadias como você, vai poder ser feliz no inferno!
Jé sentiu o coração acelerar e o medo foi chegando - O que quer dizer com isso? Vai me matar? Virou assassino agora?
-Matar? Não, eu não sujo minhas mãos com lixo como você... O Kaio é que vai fazer o serviço sujo pra mim...
-Eu já sabia que você era um garoto mimado e pervertido, mas usar o amigo para se vingar de alguém, como você consegue ser tão baixo? E ainda mais que é por causa de uma simples garota que não conseguiu levar pra cama - falou Jé, ficando preocupada.
-Não gatinha... Estou me vingando de você por ter me feito de idiota, por não ter ido pra cama comigo quando teve sua chance, por ter me feito brigar com Kaio por você, por brigar com Thiago por você, por quase me apaixonar por você! - respirou um pouco - E principalmente por ter feito a Amanda ir embora, eu e ela, a gente tinha tudo a ver!
-É, estou vendo!!! - exclamou Jé.
-Você não esta em condições de dar uma de valente e ainda assim não tem medo de morrer aqui e agora... Mas curta sua noite no escuro, que amanhã pode ser que seja o seu último dia... - e dizendo isso, saiu e abaixou a porta de ferro, trancando-a.
-Fernando!!! Volta aqui!!!! Me tira daqui!!! - Jé desesperou-se - Socorro!!!! Alguém me tira daqui!!! - e vendo que não adiantava gritar, tentou retomar a calma, mas o nervosismo era muito grande pra isso...
-Meu Deus do céu!!! - exclamou ela - Esse menino ficou doido! Senhor meu pai do céu, me tira daqui! ai meu Deus....
Kaio já tinha ido para casa e Fernando foi logo após trancar tudo direitinho. O lugar onde estavam era ainda nos arredores da casa, era um antigo porão onde guardavam acessórios de construção e outras coisas, Fernando roubou a chave da assessoria na última vez que abriram aquele local, porque iriam fechar o porão para sempre. Agora, ele tinha um esconderijo em mãos, perfeito e único, maluco do jeito que estava, poderia fazer o que quisesse com ela ali que ninguém suspeitaria.
A noite passou, Jack e Wesley não apareceram e ninguém de fato sentiu a ausência da Jé, porque pensaram que ela pudesse estar dormindo ou em qualquer lugar da casa.
Amanheceu e a polícia estava na busca incessante pela Gabe.
-Você acha que vamos encontrar essa menina viva ou morta? - perguntou a policial Sanches.
-Não diga isso mulher! Que horror! - contestou o policial Dargo.
-Mas é verdade! Sempre que um louco foge, nunca o encontramos com vida... Eles sempre se matam ou acabam se acidentando! Não sei porque não prendem eles num manicômio em vez de deixá-los livres num hospital tão sem segurança!
-Senhorita Sanches, você é uma mulher muito cruel, sabia? - riu Dargo - Espero que a encontremos com vida, mas sinceramente, esses loucos não se cansam de fugir? - riram juntos.
-Nós já procuramos em quase toda a cidade, se ela foi pra fora, não vamos conseguir saber pra que direção ela seguiu! - disse Sanches.
-Eu sei, vamos até as docas do lago claro e se não acharmos nada por lá, voltamos e avisamos a polícia da região para o caso de aparecer uma garota de camisola correndo por lá - riram novamente.
Eles chegaram até as docas e estacionaram o carro. Saíram andando e observando todos os cantos.
-Esse sol esta de matar!!! - resmungou Sanches.
-Pare de reclamar mulher! - brincou Dargo - Olhe! ali parece ser uma mina, vamos dar uma olhada por lá!
Eles correram até o local, e chegando lá, olharam por todos os lados, atrás das plantas mais altas e próximo a entrada da mina.
-Não tem ninguém aqui, nenhum vestígio, nem pegadas sequer... - disse Dargo.
-Quem sabe ela pode estar no lago? - falou Sanches - Quem sabe ela pode ter caído no lago!!!
Eles voltaram e deram a volta na montanha da mina, chegando até que viram a margem do lago claro.
-Faz tanto tempo que não venho aqui... A última vez que vim foi quando conheci meu marido... Vinhamos namorar aqui - disse Sanches.
-Poupe-me dos detalhes sórdidos - zombou Dargo, de repente - Veja! O que é aquela coisa lá na frente?
Os policiais foram correndo até a margem do lago e chegando lá, a surpresa...
-Senhor Charlie, parece que o chá acabou!!!
-É verdade, talvez eu deva ir buscar mais!
-Traga algumas girafas também, elas são amigáveis para tomar chá! - disse Gabe.
-Sim!!! E talvez alguns ratos dançarinos para nos alegrar!!! - respondeu o Senhor Charlie.
-Ei garota!!! - disse Dargo - Você ai!
Eles olharam numa foto que Jack havia dado para identificarem a Gabe quando a encontrassem e lembraram das características que o hospital deu sobre estar de camisola branca, e com um machucado no rosto, e era mesmo ela - É ela mesmo Augusto! Não acredito que esta viva!
-Não me chame de Augusto Angela, é Dargo! - resmungou ele, se aproximaram dela e a chamaram a atenção novamente.
-Então não e chame de Angela também!
-Quem são vocês??? - perguntou Gabe, notando dois intrusos dentro da casa do Senhor Charlie - São seus amigos Senhor Charlie?
-Não.. Eu nunca vi esses dois!
-Você é Gabriela Martins? E com quem você esta falando?
-Gabriela Martins? Não sei quem é moça! - respondeu ela - Estou falando com meu amigo, o Senhor Charlie. Diga olá para eles, Senhor Charlie!
-Mas não tem ninguém aqui... - sussurrou Sanches pra o parceiro.
-Não esqueça de que estamos tratando de uma louca....
-Quem é louca??? - perguntou Gabe - Vocês invadiram a casa do Senhor Charlie! Vão embora!
-Temos que levar ela, senhorita Sanches... Você é a mulher aqui, tome as providências...
A policial começou a caminhar em direção a ela, e a deixou encurralada, e Gabe ficou com medo e se escondeu atrás do Senhor Charlie.
-Não deixe eles me levarem, faça alguma coisa!!! - dizia Gabe.
-Mas o que eu posso fazer? Se você não souber o que fazer, eu também não sei!
-Calma, nós não vamos te fazer mal! - disse Dargo, só observando
-O que vocês querem comigo??? - perguntou ela com muito medo.
-Nós vamos te levar para um lugar muito mais bonito que aqui, onde seus amigos te esperam!
-Não! Eu não tenho amigos! Eu sabia, vocês são maus!!! Saiam de perto de mim!
O policial Dargo foi buscar a viatura enquanto a policial Sanches tentava acalmar a menina, e ao voltar, teve que ajudar a pegar ela porque só Sanches não estava conseguindo - Fique quieta, menina!!! É para o seu bem!!!
-Me larguem! Me larguem!!! - gritava ela - Senhor Charlie!!! Me ajude!!!
-Eu não posso! - dizia ele - Eu não sei o que fazer tanto quanto você!!!
-Parem!!! Me larguem!!! Parem!!! Eu não quero ir! Quero ficar na casa do Senhor Charlie!!! Senhor Charlie você prometeu que ficaríamos juntos para sempre!!!
-Mas nós vamos Dona Lila!!! Pra onde você for, eu estarei lá!!! Eu prometo!!!! - disse o Senhor Charlie.
Os dois tiveram muita dificuldade mas conseguiram levá-la até a viatura e colocaram um casaco porque ela estava muito gelada.
-Finalmente! Minha folga é logo amanhã, ainda bem que pegamos essa ai.... - falou Sanches.
-É verdade, deu o maior trabalho! Vamos levá-la ao hospital... Espero que a segurem dessa vez e que não fuja mais!

3 comentários:

Simy (Diários The Sims) disse...

O Fernando é um safado mesmo, né! Aff, e o Kaio... quem diria que seria tão pau mandado! ¬¬
E coitadinha da Gabe! Ainda bem que a acharam...
Amei o capítulo, Jéssica!
Beijos.

http://diariosthesims.blogspot.com.br/

BeAz disse...

Fernando e Kaio merecem um castigo, isso não se faz.
Ainda bem que encontraram Gabe mas ela está mesmo muito mal, será que recupera?
Beijinho!♥

David Veiga disse...

Nossa, que horror o que fizeram com a Jé! O_O E ainda bateu nela. Que sem-vergonha, isso não se faz.
Será que o Thiago irá sentir falta dela, irá procurar por todo canto da casa, mas não irá achar?

Ainda bem que encontraram a Gabe, e que aquele Senhor Charlie não passava de uma alucinação dela.

Adorei o capítulo, cada vez fica melhor. \o/

Beijoos!