♥ Capítulo 29 - (Penúltimo Capítulo)

-Kaio!!!! Não!!! - berrou Jé apavorada e desesperada.
Kaio havia sido baleado no ombro na luta pela arma, e Fernando ao vê-lo caindo, mirou a arma na cabeça dele e puxou o gatilho em pensar duas vezes.
-Morra babaca!!! - berrou Fernando.
tec.... tec... - era o som que o resolver fazia, as balas haviam acabado.... Só tinha uma bala no revolver, a qual fora desperdiçada no ombro do Kaio... Fernando ficou tao furioso e tão desesperado e ainda chutou Kaio e depois saiu correndo do porão, sumindo da casa e sumindo nas montanhas....
Jé se arrastou até Kaio, que entre chorava e gemia - Kaio! Meu Deus do céu! Porque você fez isso! Por que tentou tomar a arma dele!!! Ai caramba! Você esta sangrando muito!!!!
-Eu não podia deixar que ele te fizesse mal.... Eu já tenho um peso na minha consciência, de uma coisa que fizemos juntos no passado, foi a mesma coisa com você, só que a outra garota não sobreviveu pra contar a história... Eu acabei ficando preso, e Fernando pagou a minha fiança e me libertou... Se eu deixasse que ele fizesse algo a você, tudo se repetiria, e você seria mais um peso na minha consciência...
Jé tentou pegá-lo, e o virou, apoiando-o em seu colo - Olha só você ficou todo sujo de sangue!!! Porque esta perdendo tanto sangue assim???
-Eu não sei, acho que a bala deve ter atravessado....
-Por favor, não se esforce para falar, tente respirar calmamente, eu vou tentar chamar a ambulância! - disse Jé.
-Como? Você mal consegue ficar de pé.... Não.... Eu fiz muitas coisas ruins durante a minha vida... Sempre ouvi e segui os passos do Fernando, e sempre acabei em confusão... Eu mereço morrer aqui...
-Pare de falar assim!!!! Você se arrependeu! Você quis mudar, e isso é algo admirável! Você não pode morrer agora, você precisa aguentar!!!
Jé começou a berrar por socorro, gritava o quanto podia com todas as suas forças... O portão de ferro estava aberto e como a passagem para o porão era apenas uma escada sem nenhuma porta, dava-se para ouvir os gritos da piscina...
Thiago e Rodrigo vieram correndo assim que ouviram o barulho do tiro, e ao aproximarem-se do jardim, ouviram os gritos da Jé.
Desceram rapidamente e encontraram os dois.
-O que aconteceu aqui!!!! - berrou Thiago, assustado com o tanto de sangue no chão e no Kaio, e os ferimentos no rosto dela.
-Kaio tomou um tiro do Fernando!!! - contou Jé - Temos que chamar a ambulância o mais rápido possível!!!
-Pode deixar eu vou lá ligar! - disse Wesley que estava entrando no porão.
-Obrigada Wesley, vá rápido, por favor! - agradeceu Jé.
-Teremos que tirar ele daqui, vem Rodrigo, ajuda! - falou Thiago.
-Não cara, deixa que eu tiro ele e você cuida da sua namoradinha ai - falou Rodrigo.
Thiago corou e Jé ficou sem graça, e enquanto Rodrigo ajudava Kaio a sair do porão, apoiando-o no seu ombro já que o outro ombro fora atingido e ele mal conseguia levantar o braço, e Thiago pegou Jé no colo e foi levando ela para fora do porão.
-Já liguei, a ambulância esta vindo!!! - disse Wesley chegando.
-Jé!!! Kaio!!!! O que houve aqui meu Deus do céu??? - berrou Jack chegando em seguida e vendo a situação toda.
-É uma longa história maninha, depois eu conto tudo!!! - disse Jé.
A ambulância chegou e levaram os dois para o hospital, e lá foi Jack, Wesley e Thiago acompanhando. Rodrigo ficou na casa, caso Fernando tetasse aparecer de surpresa ele ligaria pra polícia.
Kaio entrou para a sala de cirurgia onde foram tentar retirar a bala, e Jé foi tirar alguns raio-x para ver se tinha mesmo quebrado o pé e se havia alguma fratura nas costelas.
Jack, Wesley e Thiago aguardavam ansiosos na recepção.
-Meu Deus, que horror! Como isso pode ter acontecido debaixo dos nossos olhos! - exclamava Jack, inconformada.
-Eu me senti num filme de polícia.... E o Fernando, pra onde será que foi? - dizia Wesley.
-É mesmo... Jé disse no caminho pra cá que foi Fernando que fez isso com os dois, se eu pegar esse cara eu juro que mato ele! - disse Thiago.
-Esquece isso, você não deve ficar pensando assim! - disse Jack - Se encontrar ele deve chamar a polícia! Ele tem que pagar por tudo que fez, mas não pelas nossas mãos, ou seríamos iguais a ele!
-É, você tem razão Jack... -  Thiago ficou um pouquinho triste pensando no seu relacionamento com Jé, e que talvez se ela o tivesse perdoado isso poderia não ter acontecido, pois ele estaria sempre perto dela protegendo-a...
-Você gosta muito dela né, da pra ver pela sua carinha - disse Jack.
-Gosto, mas ela não me dá moral... Ela não quis dar uma chance pra eu provar que a amo de verdade.
-Pois é, você vacilou feio... - falou Wesley.
-Vai me julgar também cara?
-Você vacilou feio... Mas todos merecem uma chance de provar que se arrependeram e querem mudar, eu vou conversar com ela sobre você, pode deixar - consertou Jack.
-Sério? Obrigado!!!!
A médica de plantão veio até eles - Vocês de novo aqui?
-É... Desculpe! - falou Jack sem graça - Desta vez estamos acompanhando dois amigos que chegaram de ambulância!
-Ah, sim... O baleado e a moça do pé quebrado.
-Esses mesmo! Eles estão bem, a senhora já tem alguma notícia? - perguntou Thiago.
-Sim, vim justamente procurar os acompanhantes deles pra avisar que já estão bem e fora de perigo.
-O Kaio também??? - perguntou Jack.
-Ele também, o tiro foi no ombro, e ele só perdeu mais sangue do que deveria, mas esta tomando uma medicação, logo estará liberado. Já a mocinha, ela apanhou feio, os dois tornozelos estavam fraturados e duas costelas também, já foi medicada e engessada, e daqui a pouco o enfermeiro vai trazê-la.
-Muito obrigada doutora!!! - agradeceu Jack.
-É, obrigado mesmo!!!! - concordou Thiago e Wesley juntos.
-Doutora, sem querer ser chata, mas aquela garota, a Gabriela, que eu estava acompanhando também, como ela esta? - perguntou Jack.
A doutora fez uma cara de cansada e disse - Ela foi transferida para o sanatório Santa Lucássia, na cidade de vocês à pedido dos pais dela, e eu já tinha mandado a secretária ligar para sua residência para lhe informar, você pode visitar ela todas as terças quando voltar para sua cidade, os pais dela me contaram tudo sobre a viagem de vocês. Agora eu preciso ir, com licença.
-Poxa, espero que ela esteja bem ou ao menos melhorando! - disse Wesley.
-Eu também, quando esse estágio acabar eu vou voltar o mais rápido possível para vê-la.
Dali alguns minutos, Jé aparece sendo trazida pelo enfermeiro numa cadeira de rodas.
-Amigaaaaaaa!!! - berrou Jack - Como você esta se sentindo? Esta bem? Precisa de alguma coisa?
-Calma Jack, calma! - riu - Estou bem! Já me consertaram - brincou - Até colaram um band-aid no meu nariz, me deram banho e me cederam uma roupa! Que depois vou ter que devolver - riu.
Thiago estava sem coragem de falar com ela, e com medo de acabar levando um sermão em público e ficou em silêncio apenas a observando, quando pra sua surpresa, ela foi quem falou com ele - Obrigada.... Thiago.... - sorriu sem jeito - Por ter me ajudado.
O coração dele foi a mil e suas mãos até soaram frio - Não foi nada... Eu.... Eu só fiz o que achei certo!
-Cadê o Kaio? Ele esta bem, vocês sabem alguma coisa??? - perguntou Jé.
-Sim, a médica disse que ele vai sobreviver - sorriu Jack - O tiro não afetou nenhum lugar muito crítico, ele esta tomando remédio e já vem. - respondeu Jack.
Não demorou nada, Kaio estava chegando também - Oi gente - disse ele.
-Kaio! Que bom que esta bem!!! - falou Jé - Nossa, te enfaixaram inteiro em!!! - brincou.
-Eu queria dizer uma coisa... - falou ele sem jeito - Queria pedir desculpas a todos...
-Não precisa... - disse Jack, sendo compreensiva.
-Precisa sim! - retrucou sério - Desde o começo eu tenho sido um idiota, agarrei você Jack, tentei de tudo pra te pegar a força, e agora eu percebi que você não é dessas e merece alguém diferente de mim, que a trate com o respeito que merece. - Ele olhou para ela e Wesley juntos e disse - e pelo jeito já achou! E você Thiago, me desculpe por ser um mala, e por ter estado sempre do lado do Fernando protegendo ele em tudo...
-Esta tudo bem cara, relaxa já passou. - disse Thiago.
-E por último, Jé - disse Kaio, totalmente sem graça e sem coragem de olhar pra ela - Me perdoa por ter batido em você daquela vez no quarto, e por ter te maltratado no porão, por ter te enganado e por ter participado dessa desgraça toda...
-Ô menino.... - falou ela - Esta tudo bem, eu juro que não tenho nenhum rancor guardado aqui de você, sério! Você fez o que fez, mas se arrependeu do fundo do coração e ainda praticamente tomou o tiro por mim! Não tem mais o que dizer né, você ter se sacrificado desse jeito pra me proteger, acaba com qualquer dúvida ou receio de que você tenha mudado ai dentro.
Kaio ficou tão emocionado que não conseguiu conter uma lágrima de felicidade e comoção. Eles chamaram um táxi e voltaram para a casa todos juntos.

7 comentários:

Simy (Diários The Sims) disse...

Pooooxa, já o último capítulo! :(
Não quero que a história acabe! rsrsrs
Mas, adorei o capítulo, Jéssica! Fiquei tão feliz que o Kaio ficou bem e se arrependeu de tudo que fez \o/ Sempre tive a esperança de que ele mudaria!
E ainda bem que a Jé saiu viva também! :)
Só falta saber agora como está a Gabe!
Beijos.

http://diariosthesims.blogspot.com.br/

Marina Tavares disse...

Poxa penúltimo capítulo já ? Que peninha ;//
Fiquei feliz pelo Kaio! Muito nobre da parte dele, e que bom que ele e Jéh ficaram bem *-*
Eu amei tuuudo!
Tomara que o Fernando pague por tudo que fez!haha

David Veiga disse...

Penúltimo? ~OhGodWhy :'(

Eu sabia que o tiro havia pegado no Kainho, mas até que poderia ter acertado no Fernando. XD
Nossa, eu até pensei que o Kainho morria. :/
O canalha fugiu, mas onde será que ele está? Deeve ter suicidado ou desaparecido pelo o mundo.
Ainda bem que a Jé perdoou Thiago e o Kainho se arrependeu de tudo. :)
A Gabe, tadinha. :'(

Eu quero último capítulo urgente, mas não queria que acabasse. :'(

Beijoos!

Aníbal disse...

AAAH! =[
Penúltimo?
Jeh, eu quase morro quando vejo que o Kaio levou o tiro D; Mas ainda bem que ele ficou bem \õ/
Fernando, corre u_u' Mas corre pra bem longe, fdm u_u'

Poxa! Fico feliz que a Jé tenha perdoado o Kaio, e que ele tenha se arrependido de tudo! *-*
Amanhã você nos mata com lágrimas =[
Beijos ;*

P.S.: Jeh, estou repostando minha primeira história... Se der, dá uma passada lá ;B
http://anibal-caminhosdavida.blogspot.com.br/

Karen Reichert disse...

uou, capitulo surpreendente.
Ainda bem que Jé não se machucou, e Kaio se arrependeu!
Fernando, a teu caixão te espera no próximo capitulo!hahahha
Bjão

http://minhavidanothesims3.blogspot.com.br/

BeAz disse...

Ainda bem que todos sairam ilesos mas esse Fernando conseguiu fugir para as montanhas, que raiva! Deus queira que seja apanhado pelos lobos, seja feita justiça!
Beijinho!♥

Jessica - Ciana disse...

Obrigada meus amores por terem acompanhado essa história!!!! *-*)

A próxima logo virá, não se preocupem!!!!

Beijos a todos. Jeh♥