❅ 11º Capítulo


Tentei esquecer qualquer sensação de medo e sorri, dei um impulso na prancha e meu corpo voou por alguns instantes, caindo na água logo em seguida - Ual!!! Que sensação incrível! Eu nunca tinha feito isso, é tão bom!
-Eu sabia que ia gostar! Você é das minhas, adora uma aventura, por mais perigosa que seja!
-É... Mas nem tanto né - sorri.
-O que esta achando da água? A temperatura esta boa?
-Esta muito boa! Me sinto na banheira lá de casa, só que bem mais espaçosa! - ri - Tudo é tão lindo aqui, e tão simples... Acho que é isso que torna este lugar tão confortável, a simplicidade sempre deixa as coisas mais belas... - falei sincera.
Ele se aproximou, pegou minha mão e disse - Venha apreciar a paisagem!
Nadamos até as janelas - Uou dá um medo! Tem que ser um vidro muito forte pra suportar tamanha pressão da água... Mas é lindo! Pena a neve e o frio terem embaçado a janela... Na primavera a paisagem deve ser simplesmente indescritível!
-Eu posso te trazer aqui na primavera se você quiser ver como é - disse ele.
-Com certeza eu vou adorar!
Sorrimos, como ele podia ser tão agradável e tão educado? Juro, pensei que ele tentaria me apalpar, me cantar ou me beijar em algum momento, mas não... Ele manteve discrição o tempo todo. Isso era muito respeitável. Nadamos mais um pouco e então cansamos.
-O que vamos fazer agora? - perguntei enquanto saíamos da água.
-Eu não sei não - respondeu - Acho que é sua vez de inventar alguma coisa!
-Eu?! - eu não era boa em criar tarefas de lazer, diversão, felicidade, empolgação, eu estava reaprendendo agora o significado destas palavras que a muito haviam sido perdidas dentro de mim.... Fiquei pensativa...
-E então? - disse ele
- Eu tenho uma ideia.... Mas não sei se você vai gostar!

-Então diga!
Eu estava com vergonha, parecia ser algo tão infantil.... E se ele risse da minha cara e me chamasse de criança? - Vamos, diga! Esta com vergonha? - perguntou.
-É que... Por um momento me pareceu uma ideia legal mas agora sinto que é bobagem....
Ele me encarou, reprovando a minha vergonha.... Realmente, porque eu estava com tanta vergonha? Respirei fundo, e sussurrei - Brincar.... na..... neve - corei.
Ele me olhou espantado - Como é???
-Viu?! Eu sabia que iria achar tolice, e... - ele me interrompeu dizendo - Que ideia genial!!! Venha, vamos nos vestir, rápido! - não deixou tempo para eu responder, puxou-me pela mão e fomos para o vestuário. Depois de trocados, descemos de elevador até lá fora, Boris não foi, ele não suportava o frio. A noite estava tão linda! Céu estrelado e neve combinavam perfeitamente!
-Céu estrelado e neve combinam tanto... - disse ele olhando para a paisagem - o que você acha...
Assustei-me - Co-como você... Eu acabei de pensar a mesma coisa!!!
Ele sorriu - As vezes dois seres estão tão conectados que acabam tendo os mesmos pensamentos. Pensamentos são fios invisíveis que pairam sob nossas cabeças, assim que duas pessoas se encontram na mesma frequência de emoções e sentimentos, é como se pegassem no ar o mesmo fio, ao mesmo tempo...
-Caramba... que coisa mais linda você disse agora! Estou impressionada.... - suspirei. Ele era um homem definitivamente misterioso e muito.... muito romântico.
-Hehehe - coçou a cabeça sem graça - As vezes eu me empolgo com o momento e essas coisas saem naturalmente.... Deve ser um traço genético talvez... Mas isso eu nunca saberei....
-Por que, o que houve com seus pais?
-Eu fui criado num orfanato, nunca conheci meus pais.... Assim que fiz dezoito anos, me alistei para o exército porque todos me chamavam de fraco... Eu não queria ser fraco... Então fui em busca de uma realização, e acabei gostando... E agora estou aqui... Acabado... Jogado as traças como um fraque velho no armário que tem esperança de acontecer um baile de gala para poder ser usado.... Mas quando ele vê, os bailes já não são mais feitos, e ele é esquecido, deixado de lado para apodrecer...
Me peguei num dilema, ele estava começando a me revelar o seu passado, um pouco de si. Sua história parecia ser dolorosa e triste, assim como a minha depois da morte dos meus pais, mas não me via com coragem para continuar a perguntar sobre sua vida, sentia em suas palavras o peso com que elas saiam de sua boca, o esforço que ele fazia para recordar essas lembranças sem derramar uma lágrima... Era difícil pra mim ver alguém abalado assim, era melhor não perguntar mais nada, o tempo se encarregaria de revelar o resto, só que mais tarde.... Estava mergulhada nas minhas reflexões quando de relance o vejo com algo na mão e arramando-o em minha direção - Acooooorrdaaaaa!!!
"POF!"~~ Uma bolada de neve!!!! - Que golpe baixo eu estava distraída, por que fez isso???
-Eu pensei que seria divertido....
-Divertido? Eu por acaso tenho cara de quem gostou de levar uma bolada de neve e sentir até o rim congelar???? Acha isso engraçado???? - berrei séria.
-Eu... bem, eu.... - ele começou a se sentir um idiota, estava envergonhado, começando a se perguntar por que tinha feito aquilo.... De repente ~~ "POF!!!"
-Hahahahaha na sua cara!!!! - gritei rindo.
-Mas o que...? Você... Sua....!!!! Você me enganou direitinho com esse drama todo!!! Aaa mas você vai ver só!!! - abaixou e começou a juntar uma enorme bola de neve - Hahaha! Quero ver escapar dessa!!!
-Quero ver você conseguir me acertar!!! - ri fazendo algumas bolas. Começamos uma guerra!!!! Era bola de neve voando por toda parte, esquecemos por completo da cena triste a um minuto atrás e estávamos nos divertindo como duas crianças felizes!
Ele correu e me agarrou, e caímos na neve - Chega...! Eu não aguento mais, eu desisto! Você é a rainha da neve, eu aceito a derrota!
-Hahahaha!!! Mais já? Eu sabia que você não aguentaria o meu 'braço turbo 3000'! - sorri - Você sabe que agora vai ter que me servir para o resto da vida, não é, meu escravo da neve...
Ele riu - Oh sim, minha soberana. Aceitando a derrota eu selei meu destino de servidão eterna aos teus pés, majestade.
Olhei pra ele e ri gostosamente. Encostei-me um pouco mais perto do seu corpo, e ficamos abraçados olhando as estrelas.

Era tudo tão perfeito! O céu, a noite, o luar, a neve, tudo dava um toque tão romântico para o clima que se formava entre nós dois. Quem... quem era aquele ao meu lado, cujas palavras me tocavam fundo e faziam meu coração acelerar e minhas bochechas corarem. Perto dele eu sentia um calor intenso, tanto calor que acredito que se deitasse nua na neve, ela derreteria em segundos.... Alguma coisa dentro de mim me fazia desejá-lo em meus lábios, em meu corpo, algo que eu não conseguia explicar ou compreender... Mas, como tocar no assunto... E se ele não obtivesse os mesmos desejos por mim, isso talvez explicaria porque não tomou nenhum tipo de atitude mais ousada nesse tempo todo...
Ele apoiou a mão no rosto e cotovelo na neve e ficou me olhando - Você esta tão pensativa, o que será que se passa dentro desta cabecinha?
Fiquei nervosa, mas por um instante, eu não queria estar nervosa ou envergonhada perto dele, afinal aquelas sensações estranhas dentro de mim me faziam querer agir fora do meu padrão comum - Você disse que se duas pessoas estão ligadas elas captam o mesmo pensamento, seria capaz de captar os meus? - falei sem me conter.
Ele olhou profundamente dentro dos meus olhos e disse - Talvez eu possa estar errado, mas seus pensamentos não se resumem em palavras, mas nisso...
Tomou meus lábios nos dele e dominou-me num beijo arrebatador! Eu não hesitei, nem tentei resistir ou me esquivar como uma moça descente faria, deixei-me levar pelo fogo que ardia dentro de mim e correspondi seu beijo entrelaçando minhas mãos em seu corpo e deixando aquela vontade falar mais alto. Ficamos nos beijando ali por alguns segundos que para mim duraram anos, foi um beijo quente, doce e rude ao mesmo tempo, marcante como o batom vermelho carimbado numa camisa branca. Dali, nos vimos entre beijos no elevador, logo em seguida estávamos em seu quarto.
Não houve palavras, não houve pedidos ou permissões, sabíamos o que estávamos fazendo, conhecíamos os riscos e as consequências, e mesmo assim deixamos o desejo ardente guiar nossos corpos primitivos numa dança carnal de sensações e prazeres. Eu não tenho palavras para descrever o que se passou naquela cama. Não há como descrever as sensações dominantes que explodiam dentro de mim fazendo-me corar e implorar por mais. Seus toques eram suaves mas suas mãos me seguravam com força, como se quisesse ser delicado mas não permitindo que eu fugisse, seu corpo era forte e pesado, eu podia sentir o ar faltar quando se debruçava sobre mim penetrando-me com toda sua virilidade e êxtase.
Ele sentia todo o meu desejo exalado a cada suspirar em seus ouvidos, eu tocava o seu corpo, agarrava seus cabelos e apertava minhas unhas em suas costas, meu lado ousado havia se despertado com aquela explosão de sentimentos e eu estava fora de mim, Marina, a garota tímida da loja de chocolates não existia ali, naquele momento, eu era outra Marina, a Marina animal, sedutora e desejável, que gemia alto e contorcia-se de prazer, deliciando-se nas curvas daquele corpo másculo e bruto. Ao finalizar, caímos prostrados, abatidos como dois lutadores nocauteados pelo cansaço físico.
E de olhos fechados, relaxando a mente e o corpo que pedia clemência, me peguei pensando.... Em como será daqui pra frente...

29 comentários:

Marina Tavares disse...

OMG!
QUE CAPÍTULO!
Estou sem ar UHSAHUAHUASHAHSUSAHUHSAHUSA
Quem te viu, qum te vê Marina hahahahaha
Que capítulo, P-E-R-F-E-I-T-O *u*
Incrível!
Tudo na dose certa, parabéns Jéh *u*
Amei!
Beijos :*

Jessica - Ciana disse...

UAL obrigada Marina!!!
Hehehe pois é, eu não me contive em criar um romance entre os dois hehehe
Marina libertou a leoa dentro dela xD

Obrigada por tudo querida! Beijos!

Felipe disse...

Nossa esse capitulo foi u arrasoooooooooooo!
Marina ta com fogo em?!

Bom trabalho Jéh!

Beijos!Abraços!

Jessica - Ciana disse...

Hahahaha pois é, ela se libertou! xD

Obrigada querido, abraços!

Caroline disse...

OMG!!
Marina, Marina! (E Jessica, Jessica!)
Capitulo incrivel, você realmente não se conteve.
Qual o site que você baixou o TS3 estações?
Xoxo ^-^

Jessica - Ciana disse...

baixei neste aqui: http://www.downs-sims3.com.br/


Hehehe obrigada pela visita querida! XD Aposto que a Marina amoou a noite ne xD

Xoxo²

Simy (Diários The Sims) disse...

Que capítulo lindoooooooooooooooooo!!!!!
AMEI AMEI AMEI MEEEESMO JEH!!!!
Você tem o dom de descrever as situações perfeitamente!!!
Nas últimas cenas mesmo dos dois, era como seu pudéssemos sentir tudo que a Marina sentia!! :O
Genial, Jeh! Acho que não tem melhor palavra pra descrever esse capítulo, simplesmente isso!!!!
Adorei mesmo!
Beijos.

http://diariosthesims.blogspot.com.br/

Jessica - Ciana disse...

Aaaa que boooommm!!!!
Hahah eu fico tão feliz quando leio isso xD

Poxa agora eu me surpreendi! Você podia sentir o que Marina sentiu? uuuu isso é intenso! Gostei *-*)

hehehe grande abraço!!!!

Tulio soares disse...

Que capítulo emocionante que noite Marina se entregou de corpo e alma.
abraços e esse capítulo foi perfeito

Simy (Diários The Sims) disse...

Tipo, não sentir sentir mesmo hehehe! O que a Marina sentiu foi realmente intenso! hoho (6)
Mas é como se suas palavras tivessem nos transportado pra aquele momento! :)
Beijos.

Aníbal disse...

AAAAAAAH *-*
Amo romances! E acho bom o Julio ir pra bem longe ♥ kkkkkkkkk'
Sou fã do casal MarinAlan ♥
Julio seja feliz sozinho, longe da galáxia! kkkkkk'

Amei tudo, Jeh *-*
Beijão! *-*

Guilherme Pokis disse...

Ficou demais, demais e demais este capítulo.
Você soube montar as cenas muito bem em Jé?

Adorei muito.

Abraços... na espera do próximo capítulo!

Jessica - Ciana disse...

hhahah eu tinha entendido xD
Beijos ♥

Jessica - Ciana disse...

pois é se entregou totalmente *-*)

Obrigada querido, abraços!

Jessica - Ciana disse...

KKKKKKKKKK' coitadinho do Julio rs
Você acha que ele vai gostar quando descobrir que Marina esta tendo um caso? Será que ele vai ficar feliz sabendo que ela vai dedicar tempo pra seu namoradinho ou vai ficar enciumado? *-*)

hehehhehhe Que bom que amou tudo!!

Abraços!

Jessica - Ciana disse...

\O/ Obrigada!!!
É, eu realmente não consigo pensar em outro jeito pra encaixar essas cenas hehehe ^^)

Abraços!

Marina Marchisio disse...

Nossa que capitulo em!!
Nossa a Marina ta muito assanhadinha HSUSHUSHSUHSUS
A Marina não gostou ela simplismente Amou essa noite né kk
Amei o capitulo *-*
Nossa Jeh você escreve muito bem mesmo, acho que um dia você vai ser escritora HSUSHU

Beijos querida!

BeAz Sims disse...

Mas quanta paixão! Adorei! Mariana parecia uma menina e agora revelou-se uma mulher.
Beijokas!♥

Adicione-me por favor no seu gmail:
BeAzSims@gmail.com

Dulce Gagaturno disse...

Eu vi peitinhos neste capitulo, eu vi bundinha eu vi tudo' que capitulo HOT
por um momento imaginei estar em outro lugar OMG'
E-X-I-T-A-N-T-E isso tudo.

Beijos!

BeAz Sims disse...

Novo link para o Diário de BeAz:
http://diariodebeaz.blogspot.pt/
Fis umas alterações, espero que goste.
Beijinhos!

Ads disse...

Uoou que capitulo quente. E quem diria em Marina.

Lailla disse...

Gente, esse capítulo foi tudo... o que mais gostei até agora..
Você está de parabéns Jéssica, suas histórias são ótimas e essa então está maravilhosa, estou amando!!!

Jessica - Ciana disse...

Oi querida!!!!
Eu v seu blog, deixei um comentário lá ^^)
____

Heheheh Marina esta se mostrando uma mulher muito quente apesar da sua timidez ^^)

Já quanto ao g-mail, eu não tenho g-mail, só hotmail, que é o msn, e meu e-mail de contato que é jessicaart@ymail.com (do yahoo)

Abraços querida!!!!

Jessica - Ciana disse...

Hahahaha pois é! É difícil tirar uma foto quente sem deixar aparecer alguma coisa, tem hora que não tem posição que esconda, daí acaba saindo rsrsrs ~~ Mas é comum, não é pornografia, é nu artístico ^^)

Que bom que gostou!!!! Mas agora fiquei curiosa! Que lugar você 'imaginou' estar? heheheheheheh

Beijos!!!

Jessica - Ciana disse...

Muito obrigada Lailla!!!
Acho que nunca a vi por aqui, é uma nova leitora?
Pois seja muito bem vinda!!!!

Um grande abraço, agradeço pelo carinho ^^)

Jessica - Ciana disse...

Hehehe é verdade Ads ^^)


*PS: o que significa Ads?? xD ~~ fiquei curiosa *-*)

Abraços!!!

Jessica - Ciana disse...

Hahaha eu não diria assanhada, eu diria mais um despertar fervoroso de desejos escondidos kkk ui que poético xD

Ela deve ter amado mesmo!!!

Muito obrigada querida, um dia espero ser uma grande escritora sim ^^)

Abraços!!

BeAz Sims disse...

Obrigada querida!

Luanna Lagares disse...

Nossaaaaaa que capitulo quenteeeeee ...... adoro seu trabalho Jeh pena que seu pc esta com problema ... tomara que volte logo com muitas historias incriveis .... bjo querida volta logo tah