Capitulo 14.

Sem saber o que fazer e no desespero do momento, Paulo tira uma incrível força do além me levanta enquanto eu estou completamente desacordada!!!
-Tenho que fugir rápido!!!!! - disse para si mesmo enquanto tentava correr com dificuldade e comigo nos braços.
Ele me carregou por quase cinco quadras!!!! Não sei onde ele tirou tanta força e tanta coragem! Se eu estivesse acordada, estaria boquiaberta!
Chegamos num lugar estranho e escuro, parecia um lixão.... E Paulo colocou-me juntamente com ele dentro de um barco quebrado que estava lá ...
-Acorda por favor...... - pedia ele bem triste e preocupado.
Nada .... Acho que o sonífero era mesmo muito forte!
Acabamos por ficar por ali mesmo .... ele dormiu e eu ... continuei apagada rs.
No dia seguinte, o sol já estava nascendo, Paulo acordou primeiro, eu estava recostada em seu ombro, e ele com as pernas apoiadas no pau do meio do barco....
-Uaahhh!!! -  espreguicei-me - Bom dia Paulo... - falei ainda sonolenta.
De repente arregalei os olhos e dei um salto tropeçando numa madeira solta do barco, fazendo ele também se assustar e levantar... - Meu Deus onde estamos!!!! Agora eu me lembro!!!
-Calma, Brenda, esta tudo bem agora!!! - disse Paulo.
-Foi horrível!!!!! A sua tia Edna, ela me trancou no armário e depois eu comi uma gororoba com gosto de queixo estragado .... Depois não vi mais nada '-' e acordei aqui!
-Esta tudo bem, eu te salvei!!! - soltou. Ambos se olharam.... E eu sorri, não acredito que ele tenha conseguido me salvar!
-Como você é fofo! - falei. - Vamos sair de dentro deste barco, sim?
-Vamos - sorriu.
-Obrigada por ter feito tudo o que fez por mim... - falei sincera - Eu não sei o que foi, mas estou livre novamente e agradeço do fundo do meu coração.
Nos abraçamos por longos segundos ..... - Mas e agora? - perguntei - Eles vão nos procurar!!! Vão saber que você me ajudou!
-Não, ninguém me viu, talvez possam pensar que você fugiu sozinha.... - falou.
-Sim, mas não deixa de ser um problema, eles vão me procurar de novo!
-Vão mesmo ..... Mas eu tenho uma ideia!!!! Vem comigo!!!! - falou.
Saímos correndo e fomos parar em frente a duas casas distintas.
-O que é esse lugar? - perguntei curiosa.
-É um salão...
-E a gente vai entrar?
-sim! .. vem comigo.
Ele sacou um pedaço de ferro que havia pego no lixão e abriu a porta.
-Nossa, eu tô com medo, nunca fiz isso na vida!!!! - falei depois que entramos.
-Esta tudo bem, eles só abrem o salão depois das oito, são seis da manhã rs.
Subimos a escada e eu fiquei impressionada, lá tinha de tudo!
-Agora você se arruma e eu me arrumo, vamos tentar modificar a nossa aparência ta?
-Ta - falei um tanto insegura. Então começamos. Tesoura, tinta, pente .... Muitas coisas nós usamos.
Depois de quase uma hora e meia, Paulo e eu terminamos de nos arrumar... - Olha como eu tô? - falei.
-Jesus!!! O que você fez????

0 comentários: