Capitulo 22.

Naquela noite, na mansão de Vitor..

-Estou cansado de esperar aqueles cientistas fazerem a minha poção.... Já se passaram dois meses e nada... Estão só me enrolando... - resmungava Vitor em sua sala.
-Não fique assim meu querido irmão, eles vão conseguir.... Se não, mate-os e arranje novos cientistas! - disse Valentina.
Logo um dos seguranças de Vitor anunciou alguém que queria falar com ele, e este entrou.
-Olá chefe! - disse Rud se aproximando.
-Você é o Rud? - exclamou Valentina muito surpresa.
-Sim, sou a Rud, senhor, tenho ótimas informações.
"Como ousa!! Você trabalha pra mim!!" - pensava Valentina remoendo de raiva, aquela era a sua espiã secreta, que se chamava Cleo, ao menos disse se chamar Cleo.. E agora estava a trabalhar para seu irmão? Aquilo era muito ultrajante...
-Diga-me Rud! Encontrou ela? A pestinha fujona?
-Encontrei chefe. Ela esta escondida num lugar muito fácil de entrar... Só tem um problema.. Ela esta sendo vigiada por vampiros....
-VAMPIROS? - exclamou - Essas criaturinhas nojentas! Achei que tínhamos dado um fim nelas ano passado... Mas tudo bem, pegaremos todos os nossos reforços e invadiremos o local, mate tudo que tenha presas.... Agora pode ir, você será recompensada.
Rud, ou Cleo, tanto faz.... Se retirou da sala, e Valentina foi atrás...
-Onde vai irmãzinha?
-Preciso retocar a maquiagem.... - mentiu.
Logo na porta da sala, ela puxou o braço de Cleo e começou - Como ousa trabalhar para meu irmão? Esta maluca?
-Acalme-se! - disse com olhar misterioso - Eu trabalho sim para vocês dois, porém estou do seu lado... Eu não disse tudo que sabia a ele ... Guardei o melhor pra você...
-Huumm que bom saber disso....


No esconderijo de Marco...

Com todo aquele tumulto, saímos muito rapidamente para fora do clube. Chegamos no esconderijo, retirei aquele vestido que me sufocava enquanto Marco berrava pras paredes...
-Como eles ousam! Irei matar um por um e banir essa corja de vampiros sujos!
-Fique calmo Marco, não vai adiantar você se estressar... - falei.
-Como quer que eu fique calmo sendo que ele tentou abusar de você?? Como posso ficar calmo sabendo que minhas ordens não são mais ouvidas?! Que mundo é esse?
-O que aconteceu???? - Jéssica veio correndo em nossa direção para saber por que Marco estava tão exaltado.
-Aqueles moleques! Eles pensam que mandam! Pensam que estão no topo! Eu estou no topo!!!
-Acalme-se! - pedia ela - Não precisa ficar assim, vou lhe fazer aquela massagem que tanto gosta e...
-Não! Não quero massagem coisíssima nenhuma! Não quero nada! Me deixe em paz!
-Mas ... Mas ....
-Não ouviu? Deixa ele em paz! - falei com tom de autoridade.
-Aaah sua vadiazinha, a culpa disso tudo é sua!!!! Eu vou te matar!!!! - berrou Jéssica vindo para cima de mim.
Marco ficou furioso, me empurrou para atrás dele e começou - VOCÊ NÃO VAI TOCAR UM DEDO NESTA GAROTA, ME ENTENDEU? ESTOU FARTO DE SER DESACATADO! VÁ EMBORA! SEU LUGAR NÃO É MAIS AQUI!!!
Jéssica arregalou os olhos e congelou... ela estava mesmo sendo mandada embora? Não... Não era possível...
-Você.... Você esta me mandando embora depois de tudo o que eu fiz por você? Depois de te apoiar e estar sempre ao seu lado esses anos todos? É isso mesmo o que eu ouvi?
-SUMA! Nunca precisei de você, você era apenas um lanchinho.... Uma companhia para um não e sentir tão só... Sabe o que uma eternidade faz com um vampiro? Mata ele... de tédio e solidão, e mesmo que ele não morra, já esta morto.... Achei alguém que me compreende e me satisfaz muito melhor do que você! E sabe do que mais? Você tem a pele fria! Ao contrário dela que tem a pele quentinha.... SUMA DA MINHA VISTA, SUMA DESTE LUGAR, VOLTE PARA AS RUAS!
-Eu não vou embora daqui!! Quem tem que ir é ela!!!!! - gritava apontando pra mim.
-CHEGA!!! PERDI A PACIÊNCIA COM VOCÊ! AGORA VOCÊ NÃO SERÁ UMA DE NÓS!
-NÃÃÃÃÃÃO!!!!!!!!!!

0 comentários: