(◡‿◡✿) Capítulo 22.


Carlos estava cheirando a álcool.... Ele nunca  mais as chamou de "rainha" e "princesa" depois que as desavenças entre os dois começaram, já devia ser quando ele tinha arranjado outra... E agora, por que ele resolveu aparecer??? Aquilo estava muito estranho e Helena tinha repulsa só de vê-lo - Pode parar com esse falso drama pra cima de mim! O que você esta querendo? Cadê a Sílvia? Ela te deu um pé? Por isso você voltou? Me faça um grande favor, desapareça das nossas vidas! Não queremos você aqui!
O sorriso falso desapareceu e ele grudou nos braços dela - Escute aqui Helena! Eu sou seu marido! Mais respeito, ouviu bem???
-Larga minha mãe!!! - retrucou Marcela, empurrando-o.
Ele zangou-se - Que filha mais mal educada você criou Helena! - ele empurrou Marcela - Ponha-se no seu lugar, garota! Eu sou seu pai, me respeite!
Ele voltou a segurar Helena - Eu sempre fui o homem da casa, eu quero respeito, ouviram?
-Me larga Carlos!! Você não é mais nada meu! Me larga! - ela o chutou e ele a soltou.
-Cala a boca! Só porque vocês duas saíram fugidas de casa, pensam que estão livres e que podem me responder assim??? As galinhas descobriram quem tem asas e agora estão tentando voar? Vou cortar as asinhas de vocês duas e vão aprender a não me abandonarem mais!
-Você esta bêbado! Nós não fugimos, VOCÊ nos deixou! Estamos divorciados!!! Pare com essa maluquice! - gritava Helena, entrando em pânico.
Ele olhou para Marcela, e se estressou - Mentira!! Vocês me abandonaram!!! Vão aprender a não me abandonarem! - ele levantou a mão para bater nela, e Helena não deixou, empurrou-o e entrou na frente de Marcela - Pare Carlos!! Saia daqui! Nós não temos mais nada!!! Estamos divorciados! Saia daqui agora!!!!
Carlos enfureceu-se. Ele nunca foi um bom homem. No começo do relacionamento, foi romântico e  amoroso, mas depois mostrou-se um homem rude e machista. Helena já havia apanhado dele duas vezes, quando ele chegava bêbado em casa. Ele ficou furioso, e agarrou ela nos ombros com força - eu venho aqui em paz e vocês me tratam como um cachorro sarnento, me expulsando! Eu venho aqui com a melhor das intenções e como sou recebido? Como lixo! Durante anos eu alimentei vocês duas, vocês me devem suas vidas!!!
-Me solta!!! Me solta!! - Helena estava ficando desesperada, Marcela também se desesperou, foi pular em cima dele para fazer ele soltá-la, mas ele foi rápido com os pés e a chutou antes mesmo que se aproximasse, depois, soltou Helena e deu-lhe um belo puxão de cabelo - Eu nunca deveria ter me casado com você.... você esta tão linda, pena que não presta para me obedecer!
-EU NÃO SOU SUA ESCRAVA! - ela berrou e deu um tapa com toda a sua força bem na cara dele.
-Desgraçada! - ele não gostou nada daquele desaforo, e deu-lhe um soco no estômago. Helena caiu perto do sofá, e ele a chutou - Vocês são duas vadias, não quero mais que voltem pra casa, quero que morram, as duas!
Marcela começou a gritar - Desgraçado!!!! Você vai matar a minha mãe!! Sai de perto dela!!! Socorro!!!!
Talvez tenha sido o acaso ou talvez fosse a mão de Deus, mas naquele exato momento, Érick estava justamente tomando coragem para chamar por Marcela na porta de sua casa, já que ela parecia estar enrolando ele por telefone. Ele ouviu os gritos quando se aproximava da calçada, e não pensou duas vezes em entrar pra ver o que estava acontecendo.
De imediato ao ver a cena, tomou sua postura de policial e gritou - Polícia!!! Mãos na cabeça, AGORA!!!
Carlos olhou para trás e na mesma hora afastou-se de Helena.
-Não se mexa!!! - gritou Érick - Ele caminhou até eles, e olhou para Helena - Você esta bem senhora? O que esta acontecendo aqui???
Por um minuto que ele desviou os olhos de Carlos, ele o empurrou, fazendo-o se desequilibrar e cair por cima do sofá, e saiu correndo sem olhar pra trás.
-Droga! - exclamou, levantando-se rapidamente. Marcela estava em estado de choque. Tremia e estava pálida.
-Marcela, pegue água pra sua mãe! - enquanto ele ajudava Helena a se levantar, ela correu na cozinha - a senhora esta bem? Esta sentindo muita dor? Quer que eu chame uma ambulância?
-Não, não é necessário, minha barriga dói, mais foi pelo soco, eu vou ficar bem... Me sinto horrível, não acredito que esse inferno esta acontecendo! É um pesadelo!!! Tem que ser um pesadelo!!!
Marcela chegou com a água - Filha, ligue para Fernando, peça pra que ele venha, por favor.
Ela pegou o telefone ainda trêmula e ligou. Explicou em poucos detalhes o que houve e desligou, logo ele estava chegando, preocupadíssimo.
Entrou e abraçou-a - Helena, o que foi isso????
-Foi Carlos.... Ele veio aqui, estava bêbado.... Já pode imaginar como ele se exaltou quando o toquei daqui.
-Meu Deus que absurdo!!!! - ele virou-se para Érick - Contacte o delegado, precisamos fazer uma denúncia! Este homem esta solto e eu o quero atrás das grades!!!!
-Sim senhor, doutor Fernando! - Érick queria ajudar, ligou e avisou seus superiores, enquanto Marcela tentava acalmar sua mãe.
Depois, Fernando foi até Helena e Marcela se afastou, ainda trêmula - você esta bem? - perguntou Érick.
-Acabei de ver minha mãe tomando uma surra, como posso estar bem???
-Me desculpe... é força do hábito perguntar isso.... Posso fazer algo por você?
-Não, eu.... eu... - ela não sabia o que dizer, estava nervosa demais pra isso.
-Porque não retornou minhas ligações??
-Não é hora de falar disso, droga! - respondeu rudemente.
-... Me desculpe... Eu acho melhor ir embora.... - respondeu, um tanto constrangido e um tanto chateado.
-Espere... - disse ela - me desculpe, eu estou mesmo nervosa.... Obrigada por você estar aqui.... Se não fosse você.... Eu nem sei o que teria acontecido.... - ela estava frágil, e ele a abraçou, deixando que ela chorasse no seu ombro. 
Todos estavam tensos. A informação de que Carlos estava sendo procurado foi espalhado pela cidade, e Eulália logo soube de tudo... comentou com a avó de Luizinho, e logo ele também já estava sabendo... e claro, quando soube que Helena havia sido ferida pelo ex-marido, enfureceu-se...
-Eu já te odiava antes, Carlos...Agora então.... Você é um homem morto!

9 comentários:

Lalilas disse...

Pelamor! O Carlos é um urubu mesmo! Credo!
Ainda bem que o rejeitad-, digo, Érick estava lá pra socorrer a Helena e a Marcelita. Vish.
Apoio o Luizinho descontar toda sua raiva no Carlos, isso mesmo, vai se entreter Luizinho.

Beijos.

Layla disse...

OMG que capítulo hein !Amei a parte que o Érick apareceu para socorrê-las.Tadinho levou uns foras da Marcela,mas tenho certeza que era só porque ela tava nervosa mesmo.
E agora ? Oque será que o Luizinho vai fazer?
Muito curiosaaaa!!!

Cássia disse...

Concordo com a opinião da Lalilas a respeito do Carlos u.u
Luizinho, sinto a mesma vontade que você de fazer vingança, mas tornar-se um assassino não é a melhor opção...
Agora vamos a perseguição desse ex-marido agressivo. Ele sim merece ir pra trás das grades...

xoxo

Palmira Macedo disse...

Nossa que capítulo tenso , quando carlos batia na helena eu fiquei doida e torci para que fernando aparece e dasse uma surra no carlos , mas infelismente ele se safou.. Nossa amei a história , parabéns , muita criatividade mesmo.. Seria legal se fosse uma novela , sou especialista em novelas the sims 3 e se eu tiver chance faço uma baseada nessa história e credito essa autora maravilhosa.......

Jessica - Ciana disse...

Olááááá!!!!!
Nooossa obrigada!!! Adoro novelas-sims, mas pra uma boa cineasta eu sou uma ótima cozinheira kkk"
Quando e se fizer sua novela, me avise!!! Deixe links e tudo, parcerias, eu adoro HEUEHUEHEUEHUEH

Agradeço pela sua visita, volte sempre que quiser =)
Abração!!!!

Jessica - Ciana disse...

Hehehe eu sabia que uma hora alguem ia concordar com ele heheheh
Vamos à perseguição! Carlos conseguirá escapar???

Beijão!!

Jessica - Ciana disse...

Eu sabia que vocês iriam gostar, foi um capítulo bem ousado! hehehe
Modestia parte, adoro essas cenas rs.
O que Luizinho irá fazer??? Veremos em breve *----*)~~

abração!

Jessica - Ciana disse...

Kkkkkkk rejeitado, pobrezinho kkkk Marcela precisa acordar pra vida, né não?! rs.

Nessa hora todas nós apoiamos Luizinho, mas o que será que ele vai fazer hehehe

Beijoos!!

Palmira Macedo disse...

Aviso sim , abraço ♥