(◡‿◡✿) Capítulo 23.


Luizinho estava louco.... Havia se isolado do mundo, esperando seu contato avisar que seu projeto estava pronto para depois prosseguir com seu plano.... Ele queria dar um fim no relacionamento dela, nem que pra isso tivesse que causar um "pequeno acidente" com Fernando... mas depois de saber que Carlos havia voltado, e que havia machucado Helena, ele não o perdoaria. Sempre odiou Carlos, por ser casado com Helena, por tê-la feito sofrer por tanto tempo, por tê-la traído... Nunca o perdoaria mesmo!
-Alô? Ai brow, esquece o que eu encomendei, o foco agora é outro, preciso de uma arma. Não, tô falando sério... é, é um mané ai que eu tenho que acertar umas contas... Se der certo, pego dois coelhos numa cajadada só... Sim, eu sei disso, não sou idiota! Se eu der cabo dele, vou sumir com o corpo.... É, ou então faço virar acidente! Ai mano, só me da a porra da arma e ta tudo certo! Ótimo! Tô indo ai buscar!
___________________________________________________________________________________________
Helena estava com muito medo.... Carlos havia trazido com sua enojada presença, lembranças dolorosas e um pavor incontrolável. Ela nunca pensou que ele a encontraria. Agora, ele estava na mesma cidade, e já sabia onde ela morava, não iria tardar para que ele voltasse. Um mês havia se passado, mas o temor de revê-lo ainda estava preso ali com ela. Fernando não pensou em outra alternativa do que levar as duas para ficarem em sua casa. Ao menos, se ele voltasse lá, não as encontraria.
-Obrigada por permitir que ficássemos em sua casa, meu amor - disse Helena, que estava muito agradecida por ele estar em suas vidas num momento de desespero como aquele.
-Imagina, eu amo você e tenho um grande apreço pela sua filha, não faço mais do que minha obrigação de homem, em acolher vocês duas.
Helena o abraçou, ela estava receosa, sentia um medo dominar seu corpo inteiro - Vai ficar tudo bem meu amor, você estará segura aqui - dizia ele.
Eulália foi avisada por telefone, e pediram para que ela não fosse lá sem avisar, pois Carlos poderia tentar segui-la, quando descobrisse que Helena não estava mais lá. Se ela quisesse vê-la, Fernando a buscaria de carro, como Carlos não o conhecia, não poderia saber do que se tratava a sua presença. Luizinho não atendia os telefonemas de Marcela, então não ficou sabendo que estavam lá. Mas Eulália contou para a avó dele, e ela passou o recado.
Cartazes com um retrato falado foram colados pela cidade e anúncios em jornais e na internet foram publicados. Fernando tinha grande influência nos jornais locais por ser um advogado famoso, e estava fazendo das tripas coração para encontrar aquele pilantra e colocá-lo atrás das grades. O clima na casa dele era de tensão, com um sentimento de medo que cobria seus olhares, cada vez que o telefone tocava ou o entregador arremessava um jornal com força, batendo-o na vidraça, mas de uma coisa Fernando não podia reclamar, dormir abraçado com ela todas as noites era maravilhoso, e a casa parecia um pouco mais feliz do que antes, apesar de tudo.
Helena se apaixonou pelo aquário, o qual na primeira vez que chegou em sua casa, não teve tempo de notar, e começou a cuidar do peixinho solitário que vivia ali. Logo Fernando comprou mais alguns, e seu velho aquário começou a ter sua velha aparência radiante de volta... Mas o ambiente ainda estava triste, então naquela tarde ele teve uma ideia.
Marcela estava no sofá, mexendo em seu celular, quando viu Fernando entrar com alguma coisa nos braços, - Aaaii que lindo!!!!! Mãe! Vem ver!!!! Rápido! - Helena estava na cozinha fazendo um bolo, veio correndo ver o que era, e logo viu uma coisinha linda saltitando pelo chão.
-Meu Deus!!! Que coisinha fofa!!!!
-Ele é tão lindo!!! De quem é? - perguntou Marcela.
-Ele de vocês - respondeu, abrindo um sorriso - Me lembro que vocês tinham um cão, então pensei que dando outro amiguinho, vocês esqueceriam um pouco dessa situação toda e ficariam mais felizes...
Helena o abraçou - Obrigada meu amor!!! - ela amava cães, tinha um cãozinho, mas o pobrezinho sofria de uma doença, e veio a falecer faziam 3 dias... Foi uma tristeza para todos, mas agora com essa nova bolinha fofa, ela voltaria a sorrir mais - Obrigada mesmo!
-Qual é o nome dela? - perguntou Marcela, acariciando a barriguinha do bichinho.
-Eu não sei, Helena, escolha um nome - sorriu - Ah, é uma fêmea.
-Hummm.... então vai se chamar Sortuda!
-Sortuda? Que nomezinho em mãe?! Hahaha.. Bom.... Até que é legal.
-Eu gostei... Ela é sortuda como eu, por ter o privilégio de fazer parte dessa família linda.
Os três sorriram e se abraçaram, então eles ficaram ali brincando com a Sortuda, que rolava e piruletava pela sala inteira...
___________________________________________________________________________________________
Saber que Helena não estava em sua casa, deixava Luizinho nervoso.... Ele não andava muito bem desde que ela começou seu relacionamento.... Sabia que ela estava segura do ex-marido, mas não estava longe de Fernando, o que fazia odiá-lo e ao mesmo tempo tolerá-lo por estar ajudando ela. Carlos não deu as caras, o que começou a fazer com que todos pensassem que ele estava com medo de aparecer e dar de cara com a polícia, e tinha voltado para sua cidade.
-Querido - disse Helena - Acho que já podemos voltar pra nossa casa.... Carlos não deu sinal de vida, e não queremos ficar aqui dando despesas a você.
-Ora não diga uma bobagem dessas, vocês não são visita, são a minha família. Não tem essa de dar despesas amor, esta tudo bem, você pode ficar tranquila. Quanto ao Carlos, eu não duvido nada de que ele posso retornar, se ele sabe onde você mora, mais dia, menos dia, ele irá bater na porta outra vez, ou pior, entre sem bater e cometa um crime. Prefiro que vocês duas fiquem aqui, onde estão seguras.
-Mas se for assim, nunca voltaremos pra casa!
-Eu devo dizer que acho isso ótimo - sorriu.
-Eu estou falando sério, Fernando. Até quando vamos ficar morando aqui?
-Para sempre... o que acha?
-O que?
Ele respirou fundo e disse - Helena, somos adultos, não temos tempo pra enrolação. Eu a amo demais e sei que você me ama tanto quanto. Então, porque não podemos viver juntos em uma casa só, como uma família?
Seu coraçãozinho bateu forte, e ela se surpreendeu - Você esta mesmo falando sério?
-Acho que quando se ama como nós nos amamos, não vejo porque ficarmos distantes. Devemos aproveitar cada momento de nossas vidas, juntos!
Ela abriu um grande sorriso e o abraçou, enchendo-o de beijos - Isso foi um sim? - ele perguntou.
-Foi! Foi um sim!!! - ela estava maravilhada, se sentia a mulher mais feliz do mundo, esqueceu-se completamente de Carlos ou qualquer outro problema que pudesse existir em sua vida.
Marcela entrou na sala - Que algazarra é essa? Posso saber?
-Fernando nos convidou para morar aqui com ele querida, para ficarmos juntos!
Ela sorriu - Poxa que legal! Fico muito contente por vocês dois!!! Mas olha, eu tenho que dizer, que eu não quero.
Os dois se surpreenderam com a resposta dela - porque minha filha?
-Acho que vocês dois merecem muito ficar juntos, mas eu não quero ficar aqui e atrapalhar os momentos do casal. Eu decidi que vou me mudar para o campus da faculdade. Não pude começar meus estudos devido à minha idiotice, mas estou decidida, vou poder retornar no segundo semestre e acho que estar mais perto da faculdade vai me favorecer.
Helena abraçou-a - Oh, minha filha, já é uma mulher crescida!!! - beijou-a - Estou tão orgulhosa! Toda decisão que você tomar, eu estarei do seu lado querida.
-Obrigada mãe. - sorriu. Fernando também a parabenizou pela decisão. E logo o celular dela tocou.
-Marcela? Sou eu, Érick, você esta podendo falar agora?
-Estou sim, o que você quer?
-Bem... Eu fiquei muito constrangido pela forma como eu agi com você no dia do incidente com seu pai, fui um tolo, te cobrando coisas num momento impróprio e....
-Esta tudo bem Érick, já passou...
-Exatamente, o tempo passou rápido, e eu estou pensando que você não quer nada comigo mesmo.
Ela não respondeu, ficou com vergonha.
-Eu não sou idiota.... Sei que você gosta daquele cara que nem te dá atenção.
-Como sabe???
-Eu vejo sua página do facebook.... você se humilha pra ele publicamente e nem percebe isso.
-Então vai começar a me espionar e me julgar????
-Não. Me desculpe. Eu só liguei para tentar uma última vez. Eu realmente vi um brilho nos seus olhos que me fez interessar-me por você. Você é doce e gentil, garotas assim são difíceis de encontrar. Mas você gosta de outro, de alguém que pelo jeito não se importa nem em te responder bom dia na internet. Então, vou ser franco, você quer sair com alguém que esta disposto a te conhecer melhor e dar o valor que você merece, ou quer que eu suma da sua vida pra continuar indo atrás daquele cara?

10 comentários:

Palmira Macedo disse...

Nossa parece que essa foi pra valer , se eu fosse a Marcela eu ia encontrar o Érick , amei que Helena more na casa de Fernando , também concordo que ele pode voltar , mas o que será que Liizinho vai aprontar ein?? Adorei esse episódio e , a propósito eu amei a cachorrinha , Sortuda , adoro cachorro d+++ beijo , to sempre ligada aqui no blog...

Jessica - Ciana disse...

Oiii querida!!!
Ai que maravilha, eu amo leitores fieis heheheheheh
Pois é, mas tenho uma péééééssima notícia! Amanhã sai o penúltimo capítulo rs

Mas depois que Ma Belle acabar, uma nova história vai começar =)

Super abraço!

Julia disse...

O que aconteceu com a cafeteria nesse tempo todo? hahahah
Estou adorando a historia! pena que ja vai acabar. Mas estarei acompanhando a proxima história então!
Bjs

Layla disse...

Amei !Tomara que a Marcela aceite sair com o Érick.Ai que pena que amanhã vai ser o penúltimo capítulo.Mas também estou super anciosa para nova história.

Jessica - Ciana disse...

Hahahaha pois é, com tanto desastre a cafeteria nem abriu direito kkkkkkk
Obrigada por acompanhar!!!

Super abraço!

Jessica - Ciana disse...

Né? Bem triste quando vai chegando o final das histórias, mas a parte boa eh q sempre tem uma nova chegando *---*)~~

Beijãao querida!

Palmira Macedo disse...

Ah , sério que vai acabar ?? Mas o suspense começou agora .. Rsrsrsrsrs . To Doida pra ver outra história aposto que vai ser bem legal como essa..

Jessica - Ciana disse...

hehehe pois é!!!! Nessa história eu deixei todo o suspense pro final rs
Mas ja to planejando a proxima *-*)~~ ia fazer uma historia de sereias, mas estou jogando o paradiso e não consegui executar nenhuma outra função q nao fosse nadar com elas transformadas .... e n da pra modificar a roupa ou cabelo ou o sim quando esta transformado... eh uma pena, a idea da sereia ja tava toda planejada, agora vou ter q criar outra coisa rs

Beijão!

Lalilas disse...

Ah eu gosto do Érick e acho super daora a Marcela sair com ele, mas eu gostaria muito de ver Sr. Luizinho se interessar por ela de verdade e depois ter o coração partido (de novo). JdjxjJdjdnejjdn to de brinks mas é sério
Enfim, ótimo que a Helena e o Fernando estão se ajeitando e rapidamente, nada de enrolações, CASA LOGO QUESSE CARA HELENA!!
E adorei a Sortuda. *0*

Beijo, esperando ansiosa e tristonha pelo penúltimo capítulo.

Jessica - Ciana disse...

EHUEHUEHUEHEUHUEH é isso ai, muita empolgação!!!
Espero que vocês se surpreendam com o final que eu preparei *------*)~~

beijinhos!